Você duvidava de que algo assim poderia acontecer, ou melhor, de que estes números poderiam ser alcançados? Eu não. A  ZeniMax anunciou que 10 milhões de cópias de The Elder Scrolls V: Skyrim foram enviadas a lojas de todo o mundo. Nestas 10 milhões de unidades estão inclusas as versões do game para PC, Xbox 360 e Playstation 3, e o valor estimado em vendas no varejo, até agora, é de 650 milhões de dólares.

Estes números representam, é claro, a quantidade de unidades físicas do jogo, e desconsideram o número de vendas através de distribuição digital. Portanto, é bem provável que mais alguns milhares (de dólares e de unidades) possam ser adicionados aos valores acima, desde o lançamento do jogo, em 11/11/11. Skyrim se mostrou um verdadeiro fenômeno já durante as primeiras 48 horas pós-lançamento, pois vendeu mais de 3,4 milhões de unidades durante este período.

A ZeniMax também menciona que a versão para PC de Skyrim vendeu mais que todos os outros games para PC em seu mês de lançamento, na América do Norte. Varejistas realizando mais pedidos (grandes) do game, para todas as plataformas, e recordes de vendas digitais também são “detalhes” mencionados pela proprietária da Bethesda e da id Software.

O “Jogo do Ano“, também fez bonito no Raptr, onde foi reconhecido como “O RPG mais jogado de 2011“. Nada mal para um game cujo lançamento ocorreu a exatos 36 dias. Mas quem já teve contato com o título da Bethesda sabe que tudo isto é muito mais do que merecido, e o bom desempenho financeiro do game mostra em números aquilo que podemos sentir com nossos olhos, ouvidos e corações. Trata-se de um “must have”, com “M” e “H” maiúsculos.

Skyrim é um jogo onde você, mesmo com pouco tempo de jogo, pode ser assaltado, pode inverter diversas situações e saquear bucaneiros, pode matar dragões, é claro, e pode se deixar levar por um universo fantástico e repleto de eventos espetaculares que estão à espreita, somente aguardando pela sua chegada.

Somos gratos por Skyrim continuar ganhando altas notas nos reviews e elogios no mundo todo. Somos muito gratos aos nossos fãs por seu apoio e entusiasmo pelo game, e seu amor pelas centenas de horas de gameplay que ele oferece. Continuamos nos empenhando para entregar a mais alta qualidade de entretenimento para todos. 2012 será outro grande ano para nossos fãs, com o lançamento do ‘Creation Kit‘, bem como emocionantes DLC’s que irão aumentar a riqueza desta desta épica aventura“, disse Robert Altman,  presidente e CEO da ZeniMax Media.

A Valve também demonstrou em palavras o quão grandioso é o mais novo título da Bethesda:

Skyrim é o título vendido mais rapidamente na história do Steam. O compromisso da Bethesda e sua compreensão do PC como uma plataforma de games é demonstrado nas altas notas obtidas nos reviews, no lançamento espetacular, e nos contínuos e altos números de jogadores de Skyrim. Estamos encantados pela Bethesda ter escolhido o Steamworks para apoiar Skyrim tanto no varejo quanto digitalmente“, disse Jason Holtman, diretor de desenvolvimento de negócios da Valve Corporation.

Skyrim conseguiu bater até mesmo um recorde no Steam. “Título vendido mais rapidamente na história do Steam”. Isso é algo fantástico, e não é para qualquer um, nem para qualquer jogo. E se observarmos agora mesmo as estatísticas do Steam, o jogo continua sendo o mais jogado na plataforma, o que mostra também que o gênero RPG não é um gênero restrito a um nicho específico de jogadores, e que ele pode também atrair muitas pessoas que nunca tiveram contato com um RPG em suas vidas. Vale lembrar que este é o terceiro título da  Bethesda Game Studios a ganhar o prêmio de “Jogo do Ano”. O mesmo ocorreu com The Elder Scrolls IV: Oblivion, em 2006, e com Fallout 3, em 2008.

Tudo em The Elder Scrolls V: Skyrim até o momento é grandioso, e esta grandiosidade toda não se faz presente apenas dentro do game, como podemos perceber. Até agora, segundo a ZeniMax, o jogo já recebeu mais de 200 reviews com “perfect scores”, e foi o primeiro jogo ocidental a receber uma nota 40/40 da Famitsu. Um jogo com tanto conteúdo, com um universo tão rico e tão grande, com tantos motivos para ser jogado, não é algo que recebemos todos os dias. E se um título conseguiu esta rara façanha, principalmente em tempos de lançamentos ruins e/ou que reciclam velhas fórmulas, temos mais é que comemorar. Aliás, não só comemorar: Skyrim deve ser “degustado” em cada um de seus mínimos detalhes.

Temos aqui um exemplo de um jogo singleplayer que vendeu muito, e temos também resultados fantásticos relativos a sua versão para PC. Isto mostra tanto que a ideia de que “jogos online são o futuro”, como apregoam alguns, é balela, quanto que a plataforma PC vai muito bem. A Valve que o diga, aliás, e ela não foi nada boba ao firmar o acordo com a Bethesda para a integração de Skyrim e o Steam Workshop. Melhor para nós, jogadores, é claro, que teremos mais opções e mais conteúdo.

E que Skyrim continue vendendo muito e nos surpreendendo a cada dia. Só tome cuidado com os lobisomens.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest