O fantástico RPG The Elder Scrolls V: Skyrim, da Bethesda, vendeu mais de 3,4 milhões de unidades nos dois primeiros dias, e estes números consideram apenas as versões físicas. Ou seja, lançado em 11 de Novembro de 2011, o jogo vendeu esta grande quantidade de cópias durante os dias 11 e 12 deste mês. Vale ressaltar que estes números incluem apenas as versões em caixa do game, e desconsideram totalmente, por exemplo, as versões vendidas via distribuição digital.

Em relação ao PC, eu diria que o novo título da série The Elder Scrolls vai muito bem, e neste exato momento é o título mais jogado no Steam: 115.971 pessoas estão jogando Skyrim, enquanto que 48.303 (menos da metade) está jogando partidas multiplayer de Call of Duty: Modern Warfare 3 e 18.822 estão, quem sabe, jogando a campanha do último lançamento da Activision.

The Elder Scrolls V: Skyrim vendeu mais de 600% em relação a Oblivion, no Playstation 3 e no Xbox 360. 59% das vendas até o momento foram de cópias para o console da Microsoft, enquanto que o Playstation 3 responde por 27% deste total e o PC por 14%.  Skyrim já atingiu números superiores aos de Gears of War 3 e FIFA Soccer 12, considerando-se a primeira semana pós-lançamento, e está, digamos, ao lado de Battlefield 3, porém vendendo bem mais rapidamente.

Estou com pouco mais de duas horas de jogo, em Skyrim, e posso dizer que entendo o porquê de tanto sucesso, pelo menos do ponto de vista do jogador. O mais recente lançamento da franquia é um verdadeiro mundo vivo onde podemos escolher o que fazer, como fazer e como fazer. Side quests podem ser tão ou mais interessantes e envolventes que a “missão principal”, e um simples caminhar pelas montanhas pode nos brindar com momentos verdadeiramente surpreendentes.

Ladrões que atacam em bandos, animais selvagens que surgem do nada e nos atacam, fauna, flora e ambientes de enorme beleza, NPC’s que parecem tornar o jogo mais vivo ainda, etc. Este jogo é um RPG com “R” maiúsculo, e é engraçado como até na arte do “Lockpicking” eu me tornei melhor, nele. Números muito mais do que merecidos.

Isto mostra também que jogos eletrônicos podem sempre nos surpreender, e em uma época repleta de lançamentos de títulos bem diferentes, inclusive com dois lançamentos pertencentes a um gênero meio que imbatível (FPS), um RPG, um título que requer muito mais tempo, dedicação, atenção e envolvimento por parte do jogador, consegue vender muito e até mesmo superar Modern Warfare 3 no Steam. The Elder Scrolls V: Skyrim é uma obra prima, e ainda vou publicar minhas primeiras impressões a seu respeito.

(Via: VGChartz)

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest