Através do E3 Insider, podemos visualizar diversas informações em tempo real durante a E3 2011. Podemos, por exemplo, perceber que o novo Tomb Raider é um dos jogos mais esperados. Pelo menos até este momento. O quadro “most anticipated games” cita também, neste momento, além de Tomb Raider, os games Batman: Arkham City, Gears of War 3, Dead Island, Assassin’s Creed: Revelations, Call of Duty: Modern Warfare 3 e Battlefield 3.

O novo Tomb Raider provavelmente será um dos melhores games de 2012. Pertencente a uma franquia renomada cujo primeiro título foi lançado há mais de uma década, o novo jogo provavelmente agradará aos antigos fãs da série e também fará com que novos jogadores se interessem pela mesma. Tomb Raider (vou parar, a partir de agora, de me referir ao jogo como “novo Tomb Raider”) foi revelado pela Square Enix no final de 2010, e Darrell Gallagher, da Crystal Dynamics, ainda disse o seguinte: “Esqueça tudo o que você sabia sobre Tomb Raider“.

Trata-se de um recomeço, digamos. Um game com uma nova, ou melhor, uma mais jovem e inexperiente protagonista. Aliás, temos de nos lembrar de que a série Tomb Raider ajudou a meio que diminuir aquela ridícula idéia machista de que game bom é game com protagonista masculino.

Lara Croft, nestes cerca de 15 anos, mostrou que bons games, aliás, excelentes games e franquias, podem ser criados possuindo mulheres como personagens principais. Lara é destemida, forte, inteligente, bonita, e em Tomb Raider está ainda mais, digamos, “gatíssima”. 🙂 “Lara Croft Reborn“, estas são as palavras escritas em um arco portado pela belíssima heroína em uma das imagens divulgadas. Tomb Raider proporcionará aos jogadores a felicidade de experimentarem as primeiras aventuras de uma “jovem e inexperiente” Lara Croft. O título será lançado para PC, Xbox 360 e Playstation 3.

Tomb Raider parece ser um jogo onde Lara terá de superar seus próprios limites. É claro que em diversos games da franquia ela já teve de fazer isto. Mas aqui, pelo que se pode perceber, a “Larinha” terá de lidar com algo com o qual nunca lidou antes. Com situações novas. Com inimigos e situações inexistentes, quem sabe, mesmo em seus piores pesadelos até então.

Viajando em um navio e vítima de um naufrágio, Lara acaba em uma ilha desconhecida onde somente pode contar consigo própria. Tomb Raider tratará, segundo a Square Enix, principalmente de sobrevivência. Abrigo, água, alimentação: tudo isto Lara deverá buscar com as próprias mãos, para se manter viva. Ela também irá explorar a ilha desconhecida, e encontrará, é claro, muita coisa estranha, talvez para nos fazer lembrar acima de tudo de que estamos jogando um game pertencente à renomada série Tomb Raider.

Ali naquela ilha, e até mesmo durante os momentos que antecederam  sua chegada à praia, Laura com certeza foi percebendo diversos motivos para continuar. Diversos fatores que a impulsionavam, já meio que antevendo aquilo em que deveria se transformar.

Acredito que neste jogo veremos o processo de “lapidação” daquela jóia que surgiu em 1996, para nosso deleite, já “formada” e pronta para o que der e vier. O trailer liberado pela Square Enix (o qual segue abaixo), é lindíssimo. Mostra Lara sendo lançada de encontro a um duro destino, o qual com certeza a colocou em situações que ajudaram a fazer dela o que ela é hoje nos games. E fora deles também, pois Lara é mais um personagem de jogos eletrônicos que foi parar no cinema, por exemplo.

Lara Croft é um personagem apreciado por gamers de ambos os sexos, e como se não bastasse, mesmo sendo forte, muitas vezes violenta e destemida, ela não perde o seu charme. Lara é retratada sempre de forma bela e feminina, e em minha opinião representa uma grande homenagem às mulheres. Tomb Raider certamente provocará grande comoção quando for lançado, e eu mal posso esperar por este momento.

Se a série teve alguns games que não corresponderam às nossas expectativas, ela também teve jogos memoráveis. O primeiro e o segundo título, por exemplo, são maravilhosos, e eles dois, sozinhos, já podem encantar qualquer novo jogador que, talvez, não tenha tido ainda nenhum contato com a série.

O que eu espero de Tomb Raider? Lara Croft em sua melhor forma. Observar o nascimento de uma lenda. Jogar um game onde terei o prazer de acompanhar a transformação de uma belíssima e inexperiente britânica no fenômeno que me fez “perder” horas e horas em 1996, descobrindo segredos, resolvendo puzzles, me aventurando por ruínas antigas e sentindo enorme excitação conforme novos e surpreendentes ambientes apareciam à minha frente.

O fato de  Tomb Raider ser mais aguardado que Gears of War 3, Dead Island e jogos de guerra como Modern Warfare 3 e Battlefield 3, de acordo com o E3 Insider, mostra o quão amada é a franquia, o quão ansiosos estão os fãs e a qualidade da experiência que um jogo destes pode proporcionar. É uma pena, entretanto, saber que a previsão de lançamento do jogo é “Outono de 2012”, o que significa, para nós, alguma data compreendida entre os meses de Setembro a Dezembro de 2012. Mas, desde que seja algo bem feito, eu não me importo.

O trailer abaixo, chamado “Turning Point”, é o “debut trailer” de Tomb Raider. Ele é belíssimo, assim como bela é sua protagonista. Já o assisti diversas vezes, e ainda não me cansei. Aliás, o estande da Square Enix aparece vez ou outra no “mapa de calor” do E3 Insider. Um pequeno ponto, nada comparável ao estande da Microsoft, por exemplo, mas aparece. Dê uma olhada no trailer:

Link para o vídeo em 720p:

http://www.youtube.com/watch?v=WKEix0W35DE&hd=1

Pin It on Pinterest