Confesso que até mais ou menos os meus 20 anos, eu ouvia música essencialmente através dos antigos discos de vinil. As “bolachas”, como a gente costumava chamá-los carinhosamente. De lá pra cá muita coisa mudou, chegou a era do CD, e os LP’s foram paulatinamente sendo deixados para trás.

Mas acabei de ler uma notícia que me deixou muito feliz. Acaba de ser lançada uma edição limitada da trilha sonora de “Machinarium“, um fantástico indie game da “Amanita Design”, lançado em outubro de 2009 e disponível no Steam por US$ 19,99. E esta edição limitada e muito especial está à venda em vinil. Isto mesmo.

E o negócio é especial e limitadíssimo, mesmo. Foram lançadas apenas 555 cópias, 405 em vinil preto e 150 em vinil amarelo. As cópias amarelas, aliás, já foram todas vendidas, sendo ainda possível comprar-se a versão “black”. Cada cópia é assinada pelo compositor da trilha sonora, Tomas Dvorak.

Você pode verificar mais detalhes no site da “Minority Records” e até comprar a versão “black”, por 19,95 Euros, já incluso o frete. Só confirme antes se eles entregam no Brasil, e se você ainda possui em boas condições a “engenhoca” nessária para tocar o vinil. 🙂

Vale ressaltar que quem comprou o game diretamente do site da desenvolvedora, recebeu a trilha sonora de brinde. Já quem comprou em sites de distribuição digital, como o Steam, não. Mas você pode comprar a trilha sonora (e até ouvir pequenos trechos de cada faixa) em formato digital, efetuando o download da mesma logo após a compra.

Através do site “inner_fx”, cada faixa sai por 0,49 Euros, e o “álbum digital” completo, estranhamente, por 3,99 Euros (basta clicar no botão “Buy Full Release”). Dá mais ou menos uns 14 reais e você pode comprar através do PayPal ou utilizando seu cartão de crédito internacional.

Finalizando

Bom, quem jogou ou está jogando (como eu) “Machinarium”, sabe que o game é muito envolvente e criativo. É algo como um “point-and-click” repleto de puzzles. Os gráficos foram todos desenhados à mão, e a trilha sonora, bem, ela é sensacional. Ajuda muito bem a compor o conjunto sensacional que é “Machinarium”.

(Via: Kotaku)

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest