Tenho passado algum tempo jogando GRID 2, mais novo título da Codemasters e sequência de, claro, GRID, lançado em 2008 (outro ótimo título). Confesso que adoraria se a Codemasters tivesse incluído a bendita câmera do cockpit no jogo, pois assim a experiência ficaria muito mais interessante. Poderíamos pilotar com uma sensação muito maior de realismo, dentre outras coisas.

GRID 2

De qualquer forma, GRID 2 é um ótimo jogo, repleto de eventos e, claro, seguindo a tradição, dotado de belíssimos gráficos. Gravei um pequeno vídeo de gameplay, aliás, o qual segue abaixo. Obviamente, não sou nenhum expert em games de corrida, portanto, não esperem por nenhuma performance maravilhosa, e esperem, claro, por falhas.

Meu objetivo com tal vídeo é mostrar como o jogo está bonito e divertido. E, claro, também me diverti enquanto o gravava. Gravei sessões de gameplay diferentes e juntei e editei tudo em um único vídeo. Em alguns trechos do vídeo gravei o replay, utilizando a própria ferramenta inclusa no jogo, após terminar uma corrida, e em outros gravei em tempo real (explicação mais abaixo). Existem falhas, batidas, etc. Claro, sou um piloto de corrida virtual com a carteira cassada. 🙂

De qualquer forma, fica aqui o vídeo. Espero que gostem.  Aliás, na gravação deste vídeo (em tempo real) utilizei o PlayClaw, software para captura de screenshots e vídeos a respeito do qual publiquei um review recentemente. É sensacional iniciar o jogo com o PlayClaw ativo, pressionar a hotkey para o início da gravação de vídeo e perceber que não ocorreu nenhuma queda na performance do computador, de forma bastante diferente do FRAPS.

GRID 2

Quadros por segundo permanecem estáveis, não existem quedas e, enfim, é como se nada mais estivesse rodando em conjunto com o game. E GRID 2, bem, o jogo é fora de série. Desde simples corridas até eventos “pontos de controle”, passando por eventos de derrapagens e Touge, onde temos de vencer mantendo uma certa vantagem sobre os adversários.

Segue abaixo também um vídeo mais curto, com 30 segundos de duração. Este foi gravado e enviado para o Youtube através de recurso incluso no próprio jogo. Veja os dois:

Vídeo gravado com o PlayClaw:

Vídeo gravado através do próprio GRID 2:

Pin It on Pinterest