A CD Projekt RED lançou hoje o update 1.2 para o jogo The Witcher 2: Assassins of Kings. Além da adição de um DLC gratuito (Barbers and Coiffeuses), o qual acrescenta ao game a possibilidade de Geralt utilizar os serviços de…err… cabeleireiros e, assim, poder “utilizar” até 6 “looks” diferentes, o update também adiciona naturalmente outros 6 pacotes de expansão anteriormente lançados, e dentre eles podemos encontrar diversos equipamentos.

Fazer um bom game é, em minha opinião, igualável em importância à necessidade de oferecer um forte e contínuo suporte, especialmente em uma plataforma tão complexa quanto o PC. Espero que fornecer dois patches principais dentro de pouco mais de duas semanas após o lançamento demonstre nossa dedicação ao suporte de The Witcher 2 a longo prazo. Além do mais, isto é apenas um pequeno sinal de nosso comprometimento com esta direção. Os PC gamers podem experar por mais presentes de nossa parte no futuro. E é claro, nós não cobraremos por eles, uma vez que sentimos que é nossa obrigação aprimorar e aperfeiçoar o game para ambos os jogadores, atuais e futuros“, disse Adam Badowski, diretor de desenvolvimento da CD Projekt RED.

Que lição a muitas empresas por aí, hein? Sensacional. Parabéns à CD Projekt RED. Caso o jogador já tenha instalado o update 1.1, o jogo será atualizado automaticamente para a versão 1.2 através do “Game Launcher”. Vale ressaltar que o update 1.1 é necessário para que o jogador conte com o recurso de atualizações automáticas. Para realizar a atualização manual da versão 1.1 para a 1.2, basta realizar o download do patch, através deste link.

The Witcher 2 vendeu cerca de 400.000 cópias somente durante a primeira semana pós lançamento. O jogo foi muito bem recebido pela crítica, e o trabalho da desenvolvedora neste meio tempo (e creio que ela o manterá assim) está sendo fantástico. The Witcher 2 é totalmente DRM-free, desde que você o compre no GOG, é claro, e além disso, podemos perceber claramente o compromisso da desenvolvedora polonesa em manter o jogador feliz, ao não penalizá-lo com atitudes e recursos invasivos e/ou irritantes, como DRM, por exemplo.

Além disso, Badowski deixa bem claro que o jogo receberá mais DLC’s gratuitos. Ele também reforça o fato de que a empresa manterá seu foco no suporte ao game, e fala em suporte a longo prazo. Acredito que estas atitudes devam ser elogiadas e, além disso, “espalhadas aos quatro ventos”. Quem sabe sirvam de lição a algumas empresas por aí que ainda teimam em penalizar seu cliente, aquele jogador que pagou caro por um game e que tem de aguentar amargos DRM’s. Que a Capcom leia isto. 🙂

Conquistar o jogador envolve muito mais coisas que simplesmente lançar bons games. O trabalho pós lançamento é extremamente importante, bem como evitar a qualquer custo perturbar os donos de cópias legítimas com empecilhos que, sinceramente, tiram a vontade de jogar, mesmo quando se trata de um bom game.

A CD Projekt RED está de parabéns!

 

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest