A Valve confirmou hoje que Dota 2 vai ser um título free-to-play, e aproveitou para anunciar a Dota Store. Ou seja, ao invés de ganhar dinheiro com a venda do jogo, a empresa irá lucrar (muito mais, com certeza) através da venda de itens criados tanto por ela mesma quanto pela comunidade de jogadores.

Dota 2 também contará com suporte ao Steam Workshop, e será lançado para PC até o final do ano. A Valve promoverá inclusive um campeonato (International Dota 2 Championships 2012), em Seattle, e para quem aprecia a mistura RTS + RPG este é um game bastante indicado.

Aliás, não podemos deixar de observar o quão bacana vai ser o lançamento de um jogo tão aguardado sob este modelo. Inclusive, é notório o interesse da Valve em trabalhar com cada vez mais jogos free-to-play, um sinal de que este modelo de negócio é muito lucrativo, desde que se faça as coisas direito. E esta é uma preocupação, como todos sabemos, que não precisamos ter, pelo menos por enquanto, em relação à empresa de Gabe Newell.

IceFrog chega a dizer o seguinte:

Ao tornar o jogo gratuito para jogar, esperamos dar aos jogadores a capacidade de decidir como – e quanto – eles querem investir no jogo”. Bem, esta é uma frase muito interessante, e se tivermos uma cash shop não mercenária, tudo ficará muito melhor. O site oficial do jogo menciona, aliás, que todos os itens que serão vendidos através da Dota Store serão itens “cosméticos”, ou seja, não afetarão em nada o gameplay. Além disso, todos os heróis serão gratuitos e estarão disponíveis a todos. Bacana, não?

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest