A Valve acaba de dar um passo que, talvez, possa significar problemas para muitos sites de distribuição digital de jogos para PC, inclusive os recém lançados brasileiros. Bem, a empresa anunciou hoje que o Steam trabalhará com o UOL BoaCompra para oferecer aos jogadores de toda a América Latina (incluindo o Brasil, é claro) opções de pagamento localizadas.

Eu só espero que isto funcione como uma opção a mais, e que não sejamos impossibilitados de adquirir nossos games pagando em dólares, como fazemos hoje. A hipótese de comprar jogos no Steam e pagar através de boleto bancário, por exemplo, é bem interessante, a princípio. Desde que isto não resulte em preços maiores e dificuldades (ou impedimentos) para quem não optar pelo UOL BoaCompra.

Christian Ribeiro - CEO UOL Boa Compra

O mercado brasileiro de jogos está se expandindo rapidamente e, com a popularização da banda-larga doméstica, a procura por jogos de computador também cresceu. Muitos consumidores na América Latina não têm acesso a cartões de crédito; por causa disso, o BoaCompra oferecerá variadas opções de pagamento localizado“, disse Christian Ribeiro (foto ao lado), CEO do Boa Compra.

Já Mark Richardson, responsável pelos métodos de pagamento e loja de aplicativos da Steam, disse o seguinte:

Nossos clientes no Brasil vêm nos pedindo por métodos de pagamento com moeda nacional. Estamos felizes por trazer estas opções através do UOL BoaCompra“.

O UOL BoaCompra permitirá que jogos para PC vendidos através do Steam sejam pagos através de boleto bancário, depósito, DOC ou transferência em tempo real, além de cartões de crédito nacionais e internacionais. O PagSeguro também fará parte das novas opções de pagamento, além de cartões pincode, que podem ser encontrados em diversos estabelecimentos comerciais.

O BoaCompra, do UOL, já firmou parcerias com diversas empresas da área de jogos, como por exemplo a BigPoint, a Gameforge, a Aeria Games, a Kaybo e a Alawar. Se esta parceria e estas novas modalidades de pagamento não trouxerem nenhum efeito colateral negativo para os clientes brasileiros do Steam que, de repente, optarem por continuar pagando em dólares, por exemplo, fico extremamente feliz. Em caso contrário, fico bastante preocupado.

Ou, que pelo menos não sejamos massacrados por preços em Reais absurdos. Não existe por enquanto nenhuma confirmação a respeito de como será realizada a conversão dos valores. Vamos torcer pelo melhor, e que este “Steam no Brasil” faça bem aos PC gamers brasileiros.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest