Steam para Linux

A Valve lançou oficialmente o Steam para Linux. Usuários do sistema operacional do Pinguim certamente estão muito felizes, mesmo que a oferta de títulos ainda não seja grande. E, é claro que a empresa de Gabe Newell não poderia deixar de comemorar o lançamento de uma maneira que todos nós adoramos e odiamos ao mesmo tempo: jogos em promoção!

Mais de 50 jogos para Linux estão sendo vendidos com descontos que variam entre 50 a 75%. O detalhe, aqui, é que todos eles rodam tanto no Linux quanto no Windows (sem falar no Mac).

Qualquer pessoa já pode realizar o download do cliente Steam para Linux, e é bem interessante notar o fato de que a empresa recomenda o Ubuntu, da Canonical (“Ubuntu é a nossa versão do Linux favorita“). O cliente também já se encontra disponível na Central de Programas Ubuntu, vale lembrar.

A chegada do Steam para Ubuntu demonstra a crescente demanda por sistemas abertos por parte dos jogadores e desenvolvedores de games.  Nós esperamos que um grande número de desenvolvedores de jogos comece a incluir o Ubuntu entre as opções de plataforma de seus produtos. Estamos ansiosos para ver o desenvolvimento de jogos AAA que tenham o Ubuntu em mente, como parte de um lançamento multi-plataforma no Steam“, diz David Pitkin, Diretor de Aplicações para Consumidores da Canonical.

Team Fortress 2, famosíssimo jogo (agora free-to-play) da Valve, também está disponível através do Steam para Linux. E, durante um determinado período, quem jogar o título no Linux receberá um item in-game gratuito: Tux, o mascote do Linux, o qual poderá ser carregado por qualquer uma das classes do game.

Ainda falando em títulos para Linux, vale lembrar que Counter-Strike 1.6, Counter-Strike: Source e Half-Life também fazem parte da “brincadeira”. Além disso, o Big Picture também faz parte da novidade, e não podemos nos esquecer do tal Steam Box: tudo isto pode ser mais um avanço que a empresa dá neste sentido (lembrando também da insatisfação de Gabe Newell com o Windows 8).

Nós somos grandes fãs de Linux. É como um sistema operacional indie, a moradia perfeita para nosso jogo independente. E quem melhor para liderar o avanço em jogos para Linux do que a Valve? Com a distribuição do Steam no Windows, Mac OS, e agora Linux, em conjunto com o conceito de ‘compre uma vez, jogue em qualquer lugar’ do Steam Play, nossos games estão disponíveis para todos, independentemente do tipo de computador que estão utilizando. Isso é formidável“, disse Alen Ladavac, CTO da Croteam, criadora da franquia Serious Sam.

[Atualizado] A Valve recomenda, para uma melhor experiência, o Ubuntu 12.04 e GPUs NVIDIA.

Poderá gostar também

Pin It on Pinterest