Você teve um Atari 2600? Então poderá gostar do Pitfall! no iOS

Creio que grande parte dos gamers de hoje começou em um Atari 2600. Comigo, pelo menos, foi assim: um (hoje) velho Atari 2600, uma velha televisão P/B (que estava encostada, antes disso, e que me foi “oferecida” porque minha mãe achava que videogames estragavam TVs) e alguns cartuchos. Jogos como River Raid, Decathlon, Enduro, Pac-Man, um jogo de tênis muito estranho que até hoje não me recordo de seu nome, Frogger e muitos outros fizeram minha alegria. Bons tempos.

Pitfall! no iOS - iPhone - iPad - iPod touch

Bem, outro jogo que eu adorava era Pitfall!, e no comando do Harry passei muitas tardes divertidíssimas, lidando com cobras, jacarés, buracos escuros que se abriam e se fechavam, cipós e diversos outros elementos que faziam deste game um passatempo maravilhoso. Claro, o pobre Harry tinha de correr e pular bastante, também. Enfim, este era um jogo repleto de aventura, o qual, aliás, já conta com cerca de 30 anos de idade.

E em comemoração, a Activision resolveu permitir que entremos novamente na pele de Pitfall Harry, utilizando desta vez nossos dispositivos iOS. Hoje uma versão muito bacana de Pitfall! foi lançada na App Store. Trata-se de um título universal, que roda no iPhone, no iPod touch e também no iPad.

Pitfall! no iOS - iPhone - iPad - iPod touch

É um reboot, digamos. O jogo custa US$ 0,99, e é muito, muito legal. Ele até engana o jogador, de uma maneira sensacional. Durante a tela de loading, podemos observar o Pitfall Harry “pixelado” correndo para lá e para cá. Logo depois, sons característicos da versão do Atari podem ser ouvidos, e o jogo parece começar. Um velho cenário que já conhecemos muito bem aparece logo em seguida, e o protagonista aparece, nele correndo. O jogador pode, então, pensar: “Opa, mas este é o velho jogo que eu conheço!”.

Mas logo em seguida percebemos que todo aquele ambiente retrô na verdade está sendo exibido em um dispositivo que se encontra nas mãos de um novo Harry. E aí a nova brincadeira começa. Algumas semelhanças com o famoso Temple Run podem ser encontradas, também, pois o protagonista não para de correr e temos de inclinar nossos dispositivos para que ele se mova de um lado a outro da “estrada”.

Pitfall! no iOS - iPhone - iPad - iPod touch

Temos, também, de dar chicotadas em inimigos e também realizar movimentos com os dedos para fazer o personagem pular, deslizar, se agachar e até mesmo se pendurar em cipós. Este Pitfall! para dispositivos iOS foi desenvolvido pelo “The Blast Furnace“, um estúdio de propriedade da Activision recém fundado. O estúdio, aliás, é liderado por Mark Washbrook, ex-chefe da Rockstar London, e Gordon Hall, da Rockstar Leeds.

O Pitfall! original no Atari 2600 foi pioneiro no gênero action-platform/runner. Nos adoramos Pitfall!, juntamente com milhões de jogadores ao redor do mundo, e ainda o adoramos. Na verdade, este foi o game que inspirou muitos de nós a buscar uma carreira no desenvolvimento de jogos. Esta nova encarnação oferece uma melhor experiência do jogo para o iPhone, o iPad e o iPod touch.

A Equipe manteve os elementos que tornaram o original tão divertido de se jogar, e os fundiram com um estilo artístico retrô HD legal, controles atualizados e mecânicas de jogo que manterão felizes tanto os fãs antigos quanto os novos. Estamos muito animados por comemorar o aniversário de 30 anos através de um reboot da franquia para o público nos dispositivos móveis“, disse Gordon Hall.

O novo Pitfall! é muito bacana. Você começa a jogar e a ação não para. Ambientes diversos e bem bacanas vão surgindo, e você deve inclusive fazer com que o personagem realize curvas, quando necessário, através de movimentos com seu dedo. A câmera do jogo também muda de perspectiva em diversos momentos, e isto tudo torna a experiência muito dinâmica.

Pitfall! no iOS - iPhone - iPad - iPod touch

Os elementos famosos do jogo jogo original do Atari 2600, como por exemplo crocodilos, cipós, barras de ouro, diamantes e cobras marcam uma presença muito legal, por falar nisso. O jogo conta com diversos níveis, além de gráficos em 3D muito legais. Conforme nosso progresso, também podemos adquirir diversos power-ups e ganhar experiência, sendo até mesmo possível conferirmos detalhes como, por exemplo, distância percorrida, tesouros coletados, etc.

A Activision também mencionou que Gordon Hall liderará sua equipe de desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis, visando trazer grandes títulos para celulares, smartphones e tablets. Além disso, a “The Blast Furnace” já está trabalhando em uma versão de Pitfall! para dispositivos Android: entretanto, ainda não existe uma previsão de lançamento.

Pitfall! no iOS - iPhone - iPad - iPod touch

Bom, eu fiquei muito feliz com este lançamento, e você? Pretende adquirir Pitfall! para seu iPhone, iPad ou iPod touch? Tem boas lembranças do antigo jogo, ou pretende conhecer a série através do Pitfall! para dispositivos iOS?

Poderá gostar também

4 Comments

  1. Meu primeiro videogame foi um Intellivion, pulei algumas gerações em favor dos computadores, que sempre foram minha grande paixão, mas joguei muito o Pitfall no Atari 2600.

    Achei os gráficos do reboot estilizados demais para o meu gosto, mas acredito que os produtores tenham escolhido dessa forma pelo saudosismo que o título evoca.

    Ri muito com o seu comentário sobre o videogame “estragar” o televisor, precisei comprar um para jogar no TK-85 pois meu pai tinha a mesma opinião.

    Reply
    • @Hideki T,

      Nossa, eu cheguei a jogar em um Intellivision, na casa de amigos. Que coisa doida, cara. Que saudades. Até o Odyssey eu cheguei a ver, uma vez. Já o TK-85 nunca vi de perto, infelizmente. :(

      Olha, eu gostei dos gráficos, acho que foi até legal pra dar uma turbinada, sei lá. Pra tornar atrativo para a nova geração de jogadores. E aquele comecinho, parecendo o antigo Pitfall, é fora de série. Sobre o meu comentário, cara, foi assim mesmo. Eu fiquei um tempão jogando em preto e branco. Me lembro que quando ficava sozinho, era uma loucura. Desligava tudo, ligava na TV colorida e jogava com um olho na porta e outro na tela. Muito doido…rs Uma vez minha mãe me pegou…hehehe

      Engraçado que ela tem essa opinião até hoje. Coitados dos netos…rsrs

      Reply
  2. Bom.. eu tive atari tb… bons tempos.
    Mas sei lá.. esse reboot tá bacana.. mas meio que descaracterizou o jogo.
    Sei lá. Acho que ele é mais legal no estilo side scroll..
    Essa parada de correr e pular chegando o mais longe possível não sei se me agrada muito para um título que leva o nome de Pitfall heheheh.

    Reply
    • @Henrique,

      Puxa, e que bons tempos. Pitfall era um dos jogos que eu mais gostava. Mas, não sei. Achei legal esse novo. Parece bastante com o Temple Run, né. Mas, achei um negócio interessante. Tem umas partes realmente bem complicadas, até. Aliás, lembra daquelas fases do Original em que você tinha que pular exatamente na cabeça dos crocodilos? hehehe Me lembrei disso agora!

      Reply

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>