We Happy Few é um título interessantíssimo. Ambientado na década de 60, em uma Inglaterra distópica retrofuturista, o título nos coloca na pele de 3 personagens distintos, cada um deles com suas próprias características e backgrounds.

No jogo, e na “belíssima” cidade de Wellington Wells, a alegria é uma obrigação. Na verdade, todos os habitantes são meio que obrigados a tomar uma droga chamada Joy, ou Alegria, a qual os mantém felizes e, também, um tanto quanto sedados. Tal droga, aliás, é o que faz com que eles se esqueçam de um passado lá não muito agradável.

We Happy Few

Em We Happy Few, além disso, as histórias dos 3 personagens jogáveis, Arthur, Sally e Ollie, estão interconectadas. Todos eles possuem um passado em comum, anterior aos acontecimentos que culminaram com a criação de Wellington Wells.

O jogo, a princípio, me lembra de Bioshock, pela sua ambientação e também devido ao estilo gráfico. Já os combates, principalmente durante ação furtiva, me lembram de Dishonored.

Em We Happy Few, aqueles que não tomam Joy são chamados de Downers. Tais pessoas são mal vistas pelos Wellies, os conformados e viciados em Joy. Conformismo, aliás, é algo essencial nesta sociedade distópica criada pelo estúdio canadense Compulsion Games. Os Wellies chegam às raias da caricatura, com sua felicidade exacerbada, com seu andar caricato, com suas faces cobertas por máscaras.

Não faltam também no jogo elementos como humor negro e drama, além de elementos de sobrevivência. Estes últimos, no entanto, são bem leves: é preciso comer, dormir, beber e curar ferimentos, além de estancar sangramentos. Mas tudo isso não chega a causar grandes problemas (dependendo da situação, é claro – um ferimento sangrando pode levar à morte caso uma bandagem não seja devidamente aplicada), e podemos jogar sem aquele medo que alguns jogos estilo survival causam em muitos jogadores.

We Happy Few

A ação furtiva também é essencial no jogo, e temos inclusive uma série de habilidades que podem ser desbloqueadas pelo jogador ao longo do gameplay, ligadas justamente a tal elemento. Em determinadas situações, encarar combates empunhando apenas um pedaço de pau não é lá muito apropriado, então, agir na surdina a maior parte do tempo é altamente recomendável. Eis aí outro título bastante adequado a quem aprecia também altas doses de ação stealth.

We Happy Few será lançado amanhã, 10 de Agosto de 2018, para PC, Xbox One e PlayStation 4. Seu trailer de lançamento foi divulgado hoje. Confira abaixo:

Pin It on Pinterest