XboxPlus Awards 2013: Os Indicados

xbox_plus_awards2

Eis que chegamos ao final de mais um ano. Um momento em que muitos de nós paramos para refletir o que passou neste ano de 2013. Pelo menos para a indústria de video games, 2013 foi um ano histórico. Tivemos a introdução da oitava geração de consoles, com a chegada do PlayStation 4 e do Xbox One que já iniciaram uma sangrenta batalha antes mesmo de atingirem as prateleiras. Tudo isso acompanhado de perto pelo anúncio da Steam Machine, a primeira solução para levar o PC à sala de estar, numa tentativa de tornar a poderosa plataforma mais amigável para sua TV.

Nem tudo foram flores, porém. Assistimos alguns altos e baixos bastante intensos ao longo desses (quase) 365 dias. Iniciamos o ano vendo a triste derrocada da THQ. Logo depois, fomos pegos de surpresa com a notícia de que Half-Life 2: Episode Four quase virou uma realidade. O XboxPlus ficava em primeiro lugar no TopBlog 2012 na categoria Games e Jogos – Juri Acadêmico, enquanto o infame The War Z (agora Infestation: Survivor Stories) tinha sua podridão revelada ao mundo. A Electronic Arts anunciou a saída do mercado de uma das mais clássicas franquias, Medal of Honor, e cometia a primeira de suas numerosas furadas ao longo do ano.

aliens_CM_2

Ainda nem havíamos saído do primeiro trimestre quando veio uma das maiores decepções do ano: Aliens: Colonial Marines enganou muita gente com seus trailers espetaculares e acabou massacrado pela crítica, com direito até a escândalos internos. Outro jogo que se deu mal foi Sim City, forte candidato a um dos piores lançamentos da história recente. Mal sabíamos que até o fim do ano, Battlefield 4 viria para oferecer concorrência na disputa por tal prêmio. Mas calma que as trapalhadas da EA ainda não acabaram: em maio, uma bomba: com o fechamento da LucasArts, a nossa querida Electronic Arts seria a responsável por continuar a franquia de jogos Star Wars.

Enquanto BioShock Infinite fritava neurônios, a EA tentava desesperadamente fazer as pazes com os jogadores – após ser eleita, pela segunda vez, a pior companhia do mundo – oferecendo grandes títulos  a preço de banana num impressionante Humble Bundle. Boa tentativa. Tivemos a chegada de um novo membro na equipe do Xbox Plus: Diego Pereira. Em setembro, Grand Theft Auto V chegava às prateleiras e se estabelecia como o maior lançamento da história da indústria do entretenimento – não antes das especulações sobre a versão de PC começarem, é claro.

GTA V

Setembro também foi o mês do terror: enquanto ainda tentávamos encontrar uma forma de lidar com o medo, fomos torturados por Amnesia: A Machine for Pigs e Outlast. Aproximando-se do final do ano, assistimos o Brasil virar piada internacional com o preço absurdo do PlayStation 4 por aqui. Half-Life 3 recebia mais um forte rumor e a desastrosa Games for Windows Live, já nas últimas pernas, enfrentava uma debandada em massa de jogos rumando ao Steam. A id Software perdia seu lendário programador e a indústria revelava o segredo por trás dos atrasos das versões para PC. Quando é que vão parar de usar a pirataria como bode expiatório?

E coloca altos e baixos nisso, hein! Universum: War Front devolvia a esperança aos jogos independentes, derrubando queixos com suas mecânicas e visuais complexos desenvolvidos por apenas uma pessoa. Antes de fechar o ano, ficamos abalados com a morte do ator Paul Walker, cotado para ser o novo Agente 47 nas telonas. Por fim, levamos um balde de água fria do teaser falso de Fallout 4 e vimos que 2013 definitivamente não foi um bom ano para os shooters militares – o que foi algo muito bom.

BF4

É claro que diante de um ano tão épico, não poderíamos deixar de escolher nossos nomes preferidos ao longo do ano! Depois de muita pancadaria deliberação nos bastidores, eu, Marcos Silva e Diego Pereira elaboramos a lista de indicados para concorrer a nossa premiação de melhores do ano, o XboxPlus Awards 2013. Os vencedores serão definidos na próxima semana e, apesar de nós já termos nossas apostas, queremos a ajuda de VOCÊS, caros leitores, para definir essa briga.

BioShock Infinite e Brothers: A Tale of Two Sons lideram as indicações, com cinco cada um. Em seguida, aparecem Assassin’s Creed IV Black Flag, Grand Theft Auto V, Metro: Last Light e Tomb Raider, com quatro indicações cada.

Sem mais delongas, confira abaixo nossa lista de indicados! Comente e nos diga quais nomes você acha que merecem levar o caneco. Sua opinião pode definir o vencedor! 🙂

Jogo do Ano:

  • Assassin’s Creed IV Black Flag
  • BioShock Infinite
  • Brothers: A Tale of Two Sons
  • Crysis 3
  • Defiance
  • Grand Theft Auto V
  • Metro: Last Light
  • Saints Row IV
  • Super Mario 3D World
  • The Last of Us
  • Tomb Raider

Estúdio do Ano:

  • Arkane Studios (Dishonored: The Brigmore Witches)
  • Bohemia Interactive (Arma III; Take on Mars)
  • Irrational Games (BioShock: Infinite)
  • Rockstar North (Grand Theft Auto V)
  • SCS Software (Euro Truck Simulator 2 Going East! DLC)
  • Telltale Games (The Wolf Among Us; The Walking Dead Season 2)
  • The Fullbright Company (Gone Home)
  • Ubisoft Montreal (Assassin’s Creed IV Black Flag)

Melhor Jogo Independente (indie):

  • Amnesia: A Machine for Pigs
  • Brothers: A Tale of Two Sons
  • Euro Truck Simulator 2 Going East! DLC
  • Gone Home
  • Kentucky Route Zero
  • Papers, Please
  • Shadowrun Returns
  • Space Engineers
  • The Incredible Adventures of Van Helsing
  • The Stanley Parable

Melhor Trabalho Visual:

  • BioShock Infinite
  • Brothers: A Tale of Two Sons
  • Far Cry 3: Blood Dragon
  • Metro: Last Light
  • The Last of Us

Melhor Narrativa:

  • BioShock Infinite
  • Brothers: A Tale of Two Sons
  • Dishonored: The Brigmore Witches
  • Metro: Last Light
  • Tomb Raider

Jogo Mais Aguardado:

  • Destiny
  • Grand Theft Auto V (PC)
  • The Witcher 3: Wild Hunt
  • Titanfall
  • Watch Dogs

Maior Decepção do Ano:

  • Aliens: Colonial Marines
  • Batman: Arkham Origins
  • BioShock Infinite: Clash in the Clouds
  • Call of Duty: Ghosts
  • Sim City

Maior Surpresa do Ano:

  • Assassin’s Creed IV Black Flag
  • Brothers: A Tale of Two Sons
  • Papers, Please
  • Remember Me
  • Tomb Raider
Créditos a sakis25.

Créditos a sakis25.

Artur Carsten

Catarinense, amante da música eletrônica, estudante de medicina e jogador nas inexistentes horas vagas. Ocasionalmente, escreve artigos e coloca em dia a pilha interminável de jogos comprados em promoção no Steam. Já passou pelo Campo Minado, Continue, Guia do PC, Gemind e Oxygen e-Sports.

Twitter  

Poderá gostar também

6 Comments

  1. Jogo do Ano: Tomb Raider
    Estúdio do Ano: Rockstar North (Grand Theft Auto V)
    Melhor Jogo Independente (indie): Brothers: A Tale of Two Sons
    Melhor Trabalho Visual: BioShock Infinite
    Melhor Narrativa: Tomb Raider
    Jogo Mais Aguardado: Watch Dogs
    Maior Decepção do Ano: Call of Duty: Ghosts
    Maior Surpresa do Ano: Tomb Raider

    Reply
  2. Jogo do Ano: The Last of Us (a imersão desse jogo, a vontade que você tem que os personagens principais vivam é tão grande que pqp)
    Estúdio do Ano: Telltale Games
    Melhor Jogo Independente (indie): The Stanley Parable
    Melhor Trabalho Visual: BioShock Infinite, a ambientação e os gráficos estão impecáveis.
    Melhor Narrativa: BioShock Infinite
    Jogo Mais Aguardado: The Witcher 3: Wild Hunt
    Maior Decepção do Ano: Aliens: Colonial Marines. P.S: Eu bem que poderia colocar aqui CoD: Ghosts mas quem ainda espera alguma coisa de uma série mercenária dessas só pode estar sonhando.
    Maior Surpresa do Ano: Brothers: A Tale of Two Sons

    Reply
    • Esqueceram do Dark Souls 2 na categoria de Jogo Mais Aguardado =\.

      Reply
  3. Ótimo post! Quem diria que aconteceu tanta coisa hein…
    Bom, minha humilde opinião:

    Jogo do Ano:
    BioShock Infinite

    Estúdio do Ano:
    Rockstar North (Pela magnitude que eles conseguiram entregar em GTA)

    Melhor Jogo Independente (indie):
    Brothers: A Tale of Two Sons

    Melhor Trabalho Visual:
    BioShock Infinite (Como esquecer a primeira vista de Columbia!?!?)

    Melhor Narrativa:
    Brothers: A Tale of Two Sons (Quem diria que seria possível contar uma história tão emocionante muito bem e sem usar nenhuma palavra?)

    Jogo Mais Aguardado:
    Watch Dogs (da lista é o que me parece mais interessante)

    Maior Decepção do Ano:
    Sim City (Vários bugs, DRM always-on… enfim)

    Maior Surpresa do Ano:
    Assassin’s Creed IV Black Flag (Eu nem estava muito animada pra ele, mas agora que estou jogando, estou me divertindo MUITO!!)

    Reply
  4. Jogo do Ano:

    Tomb Raider

    Estúdio do Ano:

    Ubisoft Montreal (Assassin’s Creed IV Black Flag)

    Melhor Jogo Independente (indie):

    Amnesia: A Machine for Pigs

    Melhor Trabalho Visual:

    Metro: Last Light

    Melhor Narrativa:

    Tomb Raider

    Jogo Mais Aguardado:

    Watch Dogs

    Maior Decepção do Ano:
    (Eu gostaria de dizer Battlefield 4, mas como não está na lista).

    Sim City

    Maior Surpresa do Ano:

    Tomb Raider

    Reply
  5. Jogo do ano: Grand Theft Auto V;
    Estúdio do ano: Telltale Games;
    Melhor Jogo Independente (indie): The Stanley Parable;
    Melhor Trabalho Visual: Metro: Last Light;
    Melhor Narrativa: BioShock Infinite;
    Jogo mais aguardado: Watch Dogs;
    Maior Decepção do Ano: Call of Duty: Ghosts;
    Maior Surpresa do Ano: Tomb Raider.

    Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. XboxPlus Awards 2013: Os Vencedores - […] 2013. A escolha foi baseada a partir de discussões internas e da opinião de vocês no tópico dos Indicados.…
  2. GTA V para PC é listado na Amazon da Alemanha - […] aliás, pensando nos mods para GTA V no PC. E você, já sonhou com isto? Grand Theft Auto V é o…

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pin It on Pinterest